Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 18 DE NOVEMBRO DE 2017

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  18/11/2017   Volkswagen apresenta o Virtus por inteiro - Sedã foi desenvolvido no Brasil sobre a mesma plataforma MQB do Polo.     18/11/2017   Transição para o futuro - Mudança na mobilidade domina discussões do Congresso SAE Brasil.     18/11/2017   Grupo VW cresce em todas as macrorregiões - Vendas no acumulado do ano somam 8,7 milhões de veículos e alta de 3,2%.     18/11/2017   Semi: visão Tesla de caminhão elétrico - Marca promete custo de operação menor e aponta diesel como “suicídio econômico”.     18/11/2017   E a Caoa comprou a Chery - Chineses entregam operação brasileira à administração dos brasileiros.     18/11/2017   Biogás causa impacto positivo na matriz, diz executivo da EPE - Dados da Empresa de Pesquisas Energéticas apontam vantagens competitivas ...     18/11/2017   Motocicletas direcionam o crescimento da Total Lubrificantes do Brasil - O objetivo é alcançar 5% de market share nesse nicho de mercado ...     18/11/2017   Petrobras inicia nova fase do processo de venda das ações da POGBV - A Petrobras informou em comunicado no dia 17 de novembro (sexta-feir...     18/11/2017   Santos Brasil vai investir R$ 37 milhões no Tecon Vila do Conde - Empresa assinou aditivo para prorrogação antecipada do prazo do contrat...     18/11/2017   Gerdau promove discussão sobre as perspectivas da mobilidade elétrica no Brasil - A Gerdau promoverá no dia 22 de novembro(quarta-feira),...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

19/05/2017

Reunião no MPF discute obra do Cais

Logística

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

PARALISADO, PROJETO PODE MUDAR para atender ao Patrimônio Histórico. Assunto será debatido no Ministério Público Federal

Em fase de licenciamento na Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Smams), a revitalização do Cais Mauá, em Porto Alegre, pode esbarrar em mais um empecilho antes de se tornar realidade. Uma portaria do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) de dezembro do ano passado pode exigir alterações em um dos pontos mais polêmicos da obra: o shopping ao lado da Usina do Gasômetro. O projeto será pauta de debate público hoje no Ministério Público Federal (MPF).

O texto da portaria 483, publicada em 6 de dezembro de 2016, prevê diretrizes para a construção de prédios próximos a bens tombados no Centro Histórico – entre eles o Cais do Porto. Nesse caso, o Iphan prevê que construções próximas não tenham altura maior do que 7,5 metros. O centro comercial, que atingiria a área de um dos armazéns, segundo o Estudo de Impacto Ambiental (EIA-Rima) concluído em 2015, descreve uma edificação de quatro pavimentos, o que resultaria em uma altura quase duas vezes maior do que o limite estipulado, em torno de 14 metros.

– Sempre que houver intervenção nessa área (prevista na portaria), o Iphan terá de ser consultado. Quando essa parte do projeto chegar, o responsável pela obra terá de submetê-la à análise – explica a superintendente do Iphan no Rio Grande do Sul, Juliana Erpen.

AMACAIS TRATOU DE TEMA NA CÂMARA

O problema foi abordado pela Associação Amigos do Cais Mauá (Amacais), criada por ativistas contrários ao projeto atual, em reunião na Câmara Municipal nesta semana – a audiência havia sido solicitada pelo grupo em junho de 2016. O encontro contou com a participação de técnicos convidados pela associação – que expuseram argumentos críticos e levantaram questões sobre o projeto –, vereadores da Comissão de Urbanização, Transportes e Habitação (Cuthab) e representantes da prefeitura. Ninguém do consórcio Cais Mauá, responsável pela obra, respondeu ao convite dos vereadores nem compareceu à reunião.

– Achamos que a primeira fase (do projeto) é perfeita: ela recupera os armazéns e custa um décimo do total da obra. Mas somos contra o shopping porque a urbanização contemporânea caminha em outra direção. Porto Alegre está vivendo nos anos 1960 – diz a presidente da Amacais, Katia Suman.

Durante o evento na Câmara, arquitetos do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-RS), um sociólogo, um doutor em transporte e o ex-secretário do Meio Ambiente Beto Moesch levantaram questões sobre pontos considerados frágeis no projeto aprovado pela Câmara Municipal para uma das áreas mais emblemáticas da cidade. Após a exposição dos argumentos do grupo, o presidente da Cuthab, Dr. Goulart, prometeu convocar um seminário para discutir o assunto de forma mais aprofundada.

Por meio de nota, a empresa Cais Mauá do Brasil S.A. diz que “cumpriu todas as regras determinadas para o licenciamento, já encaminhadas com os documentos que estão à disposição no site da empresa (vivacaismaua.com.br). Está no aguardo da Licença de Instalação (LI) para, na sequência, ajustar com o Estado o estabelecimento de um cronograma para início imediato das obras”.

bruna.vargas@zerohora.com.br

BRUNA VARGAS

 

Por Zero Hora - RS

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Santos Brasil vai investir R$ 37 milhões no Tecon Vila do Conde

Obras exigem interdições no Perímetro Urbano de Presidente Prudente na Rodovia SP-270

Como seria São Paulo hoje se os projetos para melhorar a cidade tivessem saído do papel?

Obra de manutenção em vicinal exige sistema “Pare e Siga” em Presidente Venceslau

Continuam as obras e os serviços da CCR MSVia na BR-163/MS

Volkswagen apresenta o Virtus por inteiro

Transição para o futuro

Grupo VW cresce em todas as macrorregiões

Semi: visão Tesla de caminhão elétrico

E a Caoa comprou a Chery

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística