Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 24 DE JANEIRO DE 2017

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  23/01/2017   Trump promete baixar impostos às montadoras - Em reunião, presidente reforçou que vai penalizar produção fora dos EUA.     23/01/2017   Presidente da ABIFER destaca perspectivas para desenvolvimento da ferrovia no Brasil em palestra na AENFER - Em 8 de março, a partir das ...     23/01/2017   A Visão da Indústria Ferroviária Brasileira, por Vicente Abate - Após enfrentar momentos turbulentos nos anos 80 e 90, o transporte ferro...     23/01/2017   Entrevista de Vicente Abate – “O crescimento da indústria ferroviária é inexorável” - Em agosto de 2017, a Abifer (Associação Brasileira ...     23/01/2017   Intercâmbios no espaço público: visita técnica na superquadra piloto de Barcelona - No presente mês, janeiro de 2017, Irene Quintáns visi...     23/01/2017   Reflexo do abandono, trilhos de ferrovia agora são alvo de ladrões - A ferrovia de Mato Grosso do Sul chegou ao ápice do abandono. Em Cam...     23/01/2017   Cortes de produção de petróleo atingem 80% da meta, diz saudita - Representantes da Arábia Saudita e da Rússia se mostraram otimistas com...     23/01/2017   Corte pactuado de produção de petróleo já está 70% cumprido, diz Venezuela - O ministro do Petróleo da Venezuela, Nelson Martínez, afirmo...     23/01/2017   Qatar Airways estreia voos diretos para Nice em julho - A Qatar Airways revelou recentemente Nice como novo destino internacional com voo...     23/01/2017   Carnival anuncia 2 novos navios para Princess e Holland - A Carnival Coporation assinou um acordo com a construtora italiana Fincantieri ...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

03/05/2008

Carros rebaixados são liberados pelo Contran

Legislação

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

9,16

34 votos

Os proprietários de veículos rebaixados, que muitas vezes são obrigados a fugir das fiscalizações, poderão sair da clandestinidade.

Entrou em vigor a resolução 262 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a qual permite as modificações na originalidade dos carros desde que inspecionados por um órgão credenciado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), que emitirá o Certificado de Segurança Veicular (CSV). Anteriormente, apenas os modelos de carga estavam liberados para fazer a mudança na suspensão. A iniciativa facilita a ampliação do mercado de automóveis alterados e de tuning - expressão em inglês para carros personalizados.

Para conseguir a regularização, é preciso requisitar uma solicitação nos Centros de Registro de Veículos Automotores (CRVAs) antes de efetuar a troca da suspensão.

- Os donos de veículos já rebaixados, sem permissão concedida, terão de pagar multa para se regularizar - explica Leandro Magni, chefe da Divisão de Veículos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

O automóvel que passar pela vistoria terá discriminada a nova altura no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo. A medição leva em conta a distância entre o solo e o ponto do farol baixo do automóvel. A regra vale para suspensões fixas, sendo proibido sistemas móveis.

Sandro Giannastasio, proprietário da Central de Inspeção, uma das empresas credenciadas pelo Inmetro na Capital, conta que a procura já começou, apesar do custo de quase R$ 500 para fazer a vistoria e assegurar a emissão de um novo documento.

- Hoje (ontem), duas pessoas já apareceram pedindo a vistoria - acredita Giannastasio.

O novo texto não especifica como se deve proceder a modificação e o controle dependerá dos órgãos que emitem o CSV.

- Analisamos cerca de 300 itens de segurança. Se algo estiver errado, não vamos liberar. Mudar a estrutura pode comprometer a vida de muita gente - destaca o empresário.

Como fazer as alterações

Os interessados em regularizar os carros rebaixados devem seguir os seguintes passos:

- Ir a um Centro de Registro de Veículos Automotores (CRVAs) e solicitar a modificação do veículo
- Ir até uma mecânica especializada para fazer a mudança do sistema de suspensão
- De posse do termo de solicitação, o proprietário vai até uma empresa credenciada pelo Inmetro para fazer a inspeção do automóvel já alterado
- O carro fica cerca de uma hora no local, onde são vistoriados cerca de 300 itens para a emissão do Certificado de Segurança Veicular (CSV)
- As alterações são repassadas para o sistema informatizado do Detran
- Com o comprovante de inspeção, o motorista volta ao CRVA e solicita novo documento do veículo
- O certificado é entregue na residência, com a nova altura especificada
- Se o carro já estiver rebaixado sem que tenha havido a solicitação anterior, o proprietário é obrigado a pagar multa de R$ 127,69 e recebe cinco pontos na CNH.

 

Por Zero Hora/RS

 

Qual a sua avaliação?

6 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Recomendar   Imprimir

Clique para ampliar

Leia Também

Descarte de lâmpadas é regulada no Estado

Decreto declara margens de rodovias como utilidade pública

Governo federal prepara decreto para privatização da dragagem

Governo estuda novas mudanças em regras para portos

Código de Trânsito Brasileiro teve 33 artigos alterados em 2016

Trump promete baixar impostos às montadoras

Presidente da ABIFER destaca perspectivas para desenvolvimento da ferrovia no Brasil em palestra na AENFER

A Visão da Indústria Ferroviária Brasileira, por Vicente Abate

Entrevista de Vicente Abate – “O crescimento da indústria ferroviária é inexorável”

Intercâmbios no espaço público: visita técnica na superquadra piloto de Barcelona

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística