Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 17 DE OUTUBRO DE 2017

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  16/10/2017   Aéreas pedem ajuda de Temer na aprovação de acordo que amplia voos com os EUA - Representantes das empresas de aviação American Airlines ...     16/10/2017   BR-116 pode ficar sem recursos para 2018 - Veja no link do título a matéria na integra:...     16/10/2017   Empresas ainda acreditam que o custo com o transporte é um grande vilão - MOVIMAT abre as portas no São Paulo Expo e apresenta soluções a...     16/10/2017   CART encerra operação especial de feriado - Concessionária realizou 907 serviços aos usuários durante o período; tráfego de veículos flui...     16/10/2017   Drones transportando sangue e medicamentos entre hospitais - Muito interessante este vídeo divulgado no portal Futuro Exponencial.     16/10/2017   Axis apresenta tecnologia de radar IP - A tecnologia detecta objetos em movimento mesmo em total escuridão ou sob chuva intensa.     16/10/2017   Multilog recebe materiais do Cirque du Soleil - Focada no sucesso da operação, a equipe Multilog montou um planejamento estratégico que r...     16/10/2017   RGE finaliza mais uma etapa de grande plano de aumento da capacidade de energia em Passo Fundo - Valor total do investimento passa de R$ ...     16/10/2017   Mix Telematics lança soluções de telemetria para reduzir custos e aumentar eficiência de frotas durante a Fenatran 2017 - Entre os dias 1...     16/10/2017   Linha 4 Amarela celebra 6 anos de operação - Em outubro, a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Am...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

16/07/2017

Governo anuncia medidas para aumentar investimentos em infraestrutura

Destaques

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

O governo federal anunciou hoje (12) medidas que preveem investimentos em infraestrutura nos estados e municípios. Foi assinada uma medida provisória que institui um fundo para desenvolver estudos para viabilizar concessões e Parcerias Público-Privadas (PPPs) na área de infraestrutura nos estados e municípios.

Segundo o Ministério do Planejamento, o objetivo é melhorar a qualidade dos serviços prestados à população, como iluminação pública, saneamento e gestão de resíduos sólidos.

Além disso, as PPPs municipais poderão contar com garantias oferecidas pelo Fundo Garantidor de Infraestrutura (FGIE). Anteriormente, apenas as firmadas pela União e pelos estados contavam com esse tipo de garantia. “A medida implicará diretamente na segurança dos parceiros privados ao firmarem contratos com o poder público municipal, atraindo novos investidores”, diz o ministério.

A previsão do governo é de aportar R$ 180 milhões no fundo até 2019 e estimular cerca de R$ 4 bilhões de investimentos privados em infraestrutura urbana. “Como os estudos de viabilidade das obras serão realizados em larga escala, espera-se, ainda, a redução dos custos dos projetos”, acrescentou o Ministério do Planejamento.

Mobilidade urbana

Segundo o Ministério das Cidades, serão aplicados R$ 5,7 bilhões de investimentos público-privados para obras de mobilidade urbana e saneamento básico.
Para mobilidade urbana, serão R$ 3,7 bilhões de financiamento pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os recursos poderão ser aplicados em pavimentação de vias urbanas, implantação ou requalificação de estações e abrigos do transporte público, calçadas com acessibilidade, ciclovias, ciclofaixas, bicicletários, sinalização viária, iluminação, drenagem, arborização e paisagismo.
Municípios com até 20 mil habitantes poderão encaminhar propostas com valor mínimo de R$ 500 mil e máximo de R$ 5 milhões.

Para cidades com população entre 20 mil e 60 mil, o mínimo é de R$ 1 milhão e o máximo, R$ 15 milhões. Cidades com população acima de 60 mil até 100 mil, o valor financiado fica entre R$ 1 milhão e R$ 20 milhões. E para municípios que têm mais de 100 mil habitantes até 250 mil, poderá ser liberado de R$ 1 milhão até R$ 30 milhões. Segundo o Ministério das Cidades, o processo de seleção não tem prazo limite de inscrição de propostas.

Saneamento

As obras de saneamento terão R$ 2 bilhões de financiamento por meio do programa Saneamento para Todos. Os projetos devem ser voltados para abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e águas pluviais. A primeira etapa da seleção de propostas inicia no dia 24 deste mês e vai até 9 de março de 2018 e o cadastro será feito no no Ministério das Cidades. A segunda fase de seleção começa em 13 de novembro e as análises vão até 13 de abril de 2018, com resultado final em 17 de agosto de 2018.

Linhas de financiamento

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse que serão disponibilizados ainda R$ 11,7 bilhões em linhas de crédito do Banco do Brasil, da Caixa e do BNDES para os municípios. “São recursos para investimentos nos municípios que serão colocados à disposição de maneira muito ágil, pois já estão disponíveis”, disse o ministro, acrescentando que não será necessário aporte do Tesouro Nacional.

Oliveira acrescentou que o governo federal estuda mudanças na legislação referente às concessões públicas, de modo a tornar mais simples a implementação de projetos municipais. “A legislação atual foi pensada para grandes projetos de concessão de rodovias, aeroportos”, disse o ministro. “Estamos iniciando estudos para a simplificação da legislação aplicada a essas concessões e esses projetos municipais de menor porte”, declarou.

Fonte: Agência Brasil

 

Por Agência Brasil

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Empresas ainda acreditam que o custo com o transporte é um grande vilão

Multas de trânsito denunciam individualismo do motorista

Sistemas de armazenamento pegam carona no boom das renováveis

Aneel reduz fiscalizações em campo após corte pela metade no orçamento

Construção da usina de Belo Monte causa impactos a tribos indígenas

Telebras adia para o próximo dia 31 leilão de satélite geoestacionário

Aéreas pedem ajuda de Temer na aprovação de acordo que amplia voos com os EUA

BR-116 pode ficar sem recursos para 2018

CART encerra operação especial de feriado

Drones transportando sangue e medicamentos entre hospitais

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística