Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 23 DE JULHO DE 2017

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  23/07/2017   Produtores de etanol dizem que alta de impostos reduz competitividade sobre gasolina - Levantamento do G1 com preços da semana passada mo...     23/07/2017   Portos movimentam 420 mi de toneladas entre janeiro e maio - Os portos brasileiros movimentaram 419,4 milhões de toneladas entre janeiro ...     23/07/2017   Alta maior do PIS/Cofins na gasolina protege setor de etanol, diz JOB Economia - A elevação na alíquota de PIS/Cofins incidente sobre a g...     23/07/2017   QGEP reduz custos e confirma 1º óleo do campo de Atlanta para início de 2018 - A Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP) assinou um a...     23/07/2017   Governo quer testar contratos mais curtos em leilões de energia, diz EPE - O governo pretende reduzir a duração dos contratos de até 30 a...     23/07/2017   Carga de energia do sistema brasileiro deve ter alta de 0,6% em julho, diz ONS - A carga de energia do sistema interligado do Brasil deve...     23/07/2017   Temer diz que “população vai compreender” aumento de impostos sobre combustíveis - O presidente Michel Temer afirmou que a população vai ...     23/07/2017   Alta de PIS/Cofins para combustíveis não viabiliza consumo de etanol, diz Unica - A decisão do governo em elevar as alíquotas de PIS/Cofi...     23/07/2017   Finanças aprova isenção de imposto sobre importação de equipamentos de energia solar - A Comissão de Finanças e Tributação aprovou o Proj...     23/07/2017   Subsea 7 renova contrato de três PLSVs com a Petrobras - A Subsea 7 anunciou a prorrogação dos contratos para três embarcações do tipo PL...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

16/07/2017

O fim do carro comum

Artigos / Entrevistas

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

Sociedade quer veículo conectado, limpo e capaz de interagir.

Os engenheiros automotivos dão por certo que o carro comum está com os dias contados. E o que é o carro comum? Aquele feito para levar a pessoa de um lugar para outro, criado para servir de meio de transporte.

Mas o carro teria outras serventias? O automóvel moderno sim, segundo o engenheiro Ricardo Camargo, presidente do encontro que a associação de engenharia SAE Brasil vai realizar para discutir o assunto.

No lugar do carro comum a sociedade moderna exige um carro conectado com o mundo, que use tecnologias limpas para preservar o meio ambiente, que seja capaz de interagir com o usuário, receber comando de voz ou mesmo ondas cerebrais, além de garantir o melhor custo-benefício na operação. Mais do que isso: o prazer de acelerar vai ficar em segundo plano, pois o veículo moderno vai sozinho para onde você mandar.

Isso não é um exercício de futurismo. Esse carro está chegando por aí. Pense: há quatro ou cinco anos, equipamentos como alerta de ponto cego no retrovisor, sensor de estacionamento e central multimídia eram uma raridade. Hoje são comuns.

O Brasil esbarra no problema da infraestrutura para que o carro se comunique com a via. Como vai funcionar, por exemplo, o aviso sonoro de saída da faixa de rodagem (que auxilia no controle do veículo), se as pistas são mal sinalizadas?

Mas é assim mesmo: os problemas vão sendo resolvidos conforme as necessidades vão surgindo. E o que parece ousado e inovador hoje, será banal em poucos anos. Ou você não questiona como era possível dirigir sem GPS e Waze?

 

Por Automotive Business - Joel Leite **

 

Link(s) Relacionado(s): www.transgabardo.com.br  www.rglog.com.br 

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Automação agrícola para todos é o desafio

As metas ambientais de São Paulo e o transporte público no Brasil

O que atrapalha o desempenho das empresas na era digital?

A transformação digital da cadeia automotiva no Brasil

Uma estrela no caminho da picape Classe X

Produtores de etanol dizem que alta de impostos reduz competitividade sobre gasolina

Portos movimentam 420 mi de toneladas entre janeiro e maio

Alta maior do PIS/Cofins na gasolina protege setor de etanol, diz JOB Economia

QGEP reduz custos e confirma 1º óleo do campo de Atlanta para início de 2018

Governo quer testar contratos mais curtos em leilões de energia, diz EPE

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística