Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 27 DE MARÇO DE 2017

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  27/03/2017   Sub-17 do NBPG/CCR RodoNorte termina em 4º na Taça PR Feminina - Boa colocação veio após vitória contra o Caramuru Basquete, de Castro, n...     27/03/2017   Montadoras cobram promessas de infraestrutura do Governo para reverter crise no setor - Mercado automotivo descarta retomada econômica vi...     27/03/2017   Diretor do DER detalha a importância das novas obras de infraestrutura rodoviária em todo o Espírito Santo - Reduzir os problemas no trân...     27/03/2017   Racionamento no DF atinge Guará, Sudoeste e outras 19 regiões nesta segunda - Corte no abastecimento deve durar 24h. Serviço de religamen...     27/03/2017   RTE Rodonaves conquista Selo Ouro em Premiação da Eletrolux - Na última sexta-feira, dia 17 de março, a RTE Rodonaves foi reconhecida com...     27/03/2017   Escola "Geralda de Souza Espin" recebe atividades de Educação para o Trânsito nesta terça-feira - A Emef (Escola Municipal de Ensino Fund...     27/03/2017   AB Triângulo do Sol - Boletim informativo | Locais com interdição de pista em 27/03/2017 - A AB Triângulo do Sol informa os trechos que p...     27/03/2017   Correios estudam "megademissão" - Com prejuízo de quase R$ 500 milhões nos dois primeiros meses do ano e depois de frustrar-se com o baix...     27/03/2017   Moradores precisam viajar mais de 20 quilômetros após agência dos Correios fechar em Bauru - O Núcleo Mary Dota, que tem mais de 30 mil h...     27/03/2017   Racionamento de água atinge mais de 300 cidades do Nordeste - Em Santa Cruz do Capibaribe, a água cai da torneira só dois dias por mês. M...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

20/03/2017

Entenda como os indicadores e a tecnologia podem alavancar a área de compras

Artigos / Entrevistas

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

Por Carlos Campos*

 

Em uma época de instabilidade econômica, qualquer centavo economizado pode representar uma oportunidade de crescimento no futuro – afinal, mais do que cortar gastos, é preciso readequar investimentos para não comprometer a operação. Essa lógica está presente na maioria das organizações e afeta diretamente a gestão da cadeia de suprimentos. A área, também conhecida como supply chain, é responsável pela compra e pesquisa de todos os fornecedores de uma empresa, contribuindo para a saúde financeira.

 

Por meio de plataformas tecnológicas, o departamento de compras ganha mais eficiência, economia de tempo e redução de custos. A tecnologia automatiza alguns processos, oferece opções de fornecedores com preços competitivos e coloca os profissionais em posições estratégicas para a tomada de decisões. O mercado já fornece soluções que além de trazer eficiência ao fluxo, possibilitam um melhor controle e visibilidade dos processos, promovendo a transparência e facilitando auditorias, o que diminui os riscos de fraudes.

 

Além da tecnologia especializada para o setor, existem três indicadores que auxiliam os gestores de compra a maximizarem seu desempenho: Saving, Custos operacionais da área e Lead Time. Veja abaixo:

 

Saving: é o quanto a área economiza. Nele se mede o ganho, do que foi orçado versus o comprado, mostrando assim a eficácia do setor, em gerar lucros diretos para empresa. Imagine que uma companhia que fatura R$ 100 milhões ao ano, normalmente gaste 50% desses rendimentos para poder oferecer o seu serviço ou produzir seus produtos. O responsável pelo volume de compras de uma empresa, conhecido como spend é a área de compra. Por exemplo, se a área de compras possui R$ 50 milhões de spend e traçou 10% de saving no ano, ela terá que reduzir R$ 5 milhões no período. Buscar novos fornecedores, pesquisar preços no mercado e negociar contratos com o uso de estratégias e ferramentas diferenciadas permitem uma maior economia. Essas ações podem ser facilitadas por operações automatizadas vindas de novas soluções de TI.

 

Custos operacionais da área: é o quanto a área gasta com a equipe, sistemas e processos não automatizados. Há alguns anos atrás, antes da transformação digital se consolidar no mundo corporativo, os processos eram realizados manualmente, fazendo com que a empresa precisasse de mais colaboradores e tivesse uma produtividade baixa. Já é possível adotar ferramentas que otimizem esse indicador, adiantando o processo de negociação com fornecedores, permitindo que os próprios usuários façam as solicitações, e reduzindo em até 80%  o ciclo de compra.

 

Lead time: esse indicador mede o intervalo de tempo entre a requisição da compra de materiais, até o atendimento da demanda, e é dessa forma que a eficiência do setor é avaliada. A aprovação das requisições e pedidos, é um dos principais responsáveis por aumentar esse intervalo, e as plataformas automatizadas de supply chain permitem agilizar esse fluxo remotamente, com ferramentas disponíveis via mobile. A redução do lead time afeta diretamente toda a performance da área, uma que vez o processo de compras é medido pelo tempo do ciclo. 

 

*Carlos Campos é Sócio Diretor da Nimbi, empresa de tecnologia focada em soluções que otimizam a gestão da cadeia de suprimentos. A plataforma Nimbi inclui todo o processo de busca, homologação, negociação e transação entre empresas, e possuí um extenso marketplace que possibilita a conexão com mais 70 mil empresas dos mais variados segmentos e por onde já foram transacionados mais de R$ 91 bilhões.

 

Por Carlos Campos **

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Recomendar   Imprimir

Clique para ampliar

Leia Também

O Acordo de Paris e o setor elétrico

Paulo Mayon, da Compass: Imperiosa transformação e o desafio do tempo

Os 50 anos da pesquisa Origem e Destino na Região Metropolitana de São Paulo

Frete Grátis: despachando a crise

Leonardo Caio, da Cogen, e Zilmar Souza, da Unica: Nível dos reservatórios e a contribuição da bioeletricidade em 2016

Sub-17 do NBPG/CCR RodoNorte termina em 4º na Taça PR Feminina

Montadoras cobram promessas de infraestrutura do Governo para reverter crise no setor

Diretor do DER detalha a importância das novas obras de infraestrutura rodoviária em todo o Espírito Santo

Racionamento no DF atinge Guará, Sudoeste e outras 19 regiões nesta segunda

RTE Rodonaves conquista Selo Ouro em Premiação da Eletrolux

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística